Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Fórum
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

Rações Para acessar o cadastro, selecione o tipo de Ração:

RAÇÃO CÃO/GATO

RAÇÃO PÁSSARO

RAÇÃO PEIXES

RAÇÃO RÉPTEIS

RAÇÃO ROEDORES


A FORÇA DOS NUTRIENTES

Os fabricantes de alimentos para animais têm uma dupla preocupação: garantir a medida exata dos nutrientes necessários e satisfazer às exigências de digestibilidade e palatabilidade dos animais de estimação.

ALIMENTO NA MEDIDA CERTA

Quem compra não consome, mas exige que seu animal de estimação fique plenamente satisfeito com o produto escolhido.

Criar um alimento adaptado às necessidades de certo tipo de animal não é tarefa fácil. O cão ou o gato tem de apreciar a comida recebida e demonstrar isso diante dos olhos atentos de seu proprietário, que vai tomar a decisão de continuar a usar o mesmo produto de acordo com a reação de seu animal de estimação. Além de manter uma linha de produtos que satisfaça às necessidades nutricionais, os fabricantes têm de estar atentos às diferenças de palatabilidade dos animaizinhos.

Graças aos alimentos industrializados, os animais de estimação podem beneficiar-se de uma alimentação completamente equilibrada, que não tem nada a ver com a cozinha familiar. E aqui também não vale a frase : " Se é bom para os humanos, é bom para os animais". Embora a tendência seja deixar de ser um hábito entre os donos de animais, os restos de comida ainda são os principais concorrentes da alimentação industrial.

Por outro lado, a evolução dos hábitos em favor dos alimentos industriais está associada a um conjunto de fatores cada vez mais difundidos: alimentação sadia, equilibrada e com grande variedade de produtos disponíveis no mercado e, principalmente, a praticidade.





Diferentes tipos de alimentos

Alimentos Completos: Cobrem todas as necessidades nutricionais do animal. Garantem qualidade na quantidade certa de ração diária.

Alimentos com objetivos específicos: São destinados a cães e gatos com necessidades fisiológicas particulares: aleitamento e lactação, por exemplo. Também há alimentos para necessidades fisiológicas particulares, como obesidade e insuficiência renal.

ALIMENTOS PRÓPRIOS PARA CADA ANIMAL DE ESTIMAÇÃO

Cães e gatos têm exigências nutricionais muito diferentes dos humanos e, por isso, é um grande erro dar sobras de comidas a esses animais. Um regime alimentar pobre pode causar uma série de problemas de saúde, como obesidade, complicações renais e digestivas, pois o equilíbrio alimentar de um cão ou gato está justamente na dosagem precisa de carne, cereais e legumes para satisfazer suas necessidades de aminoácidos, glicose, proteínas, minerais e vitaminas, fundamentais para uma vida saudável.

É justamente uma alimentação equilibrada, fruto de pesquisas em nutrição, bioquímica e fisiologia, que a indústria de alimentação animal oferece ao mercado, sempre de acordo com o porte, a idade (filhotes e adultos), a atividade e a saúde do bichinho - existem, por exemplo, alimentos específicos para cães com excesso de peso ou gatos portadores da Síndrome Urológica Felina.

A indústria mantém estreito relacionamento com a classe veterinária e clínicas de pequenos animais para detectar as necessidades do setor e colher informações importantes para o desenvolvimento de novos produtos. Com tecnologia avançada, as novidades chegam com rapidez e qualidade ao mercado, garantindo o bem-estar dos animais de estimação de seus proprietários.

Atualmente, cerca de 40% dos 25 milhões de cães e II milhões de gatos consomem esse tipo de alimentação.

As diferenças

Cães - Os cães necessitam de bom equilíbrio em cálcio e fósforo e um bom aporte de vitamina D para assegurar a solidez do esqueleto e um bom estado de conservação dos dentes. As gorduras também são fundamentais para dar energia, principalmente aos animais ativos e de grande porte. Já as proteínas asseguram a manutenção da massa muscular.

Gatos - Os gatos, por sua vez, possuem um paladar bem mais exigente que os cães e são mais sensíveis ao tipo de alimentação. O desequilíbrio nutricional pode provocar desde a queda dos pêlos até problemas mais graves, como a Síndrome Urológica Felina, um distúrbio que provoca uma série de disfunções que afetam o trato urinário e atacam cerca de 5% a 10% dos gatos adultos de ambos os sexos.

OS ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO NA SOCIEDADE

O País tem 25 milhões de cães e 11 milhões de gatos e a ANFAL-PET coordena campanhas institucionais de conscientização dos proprietários sobre os cuidados com esses pequenos animais e a importância de uma alimentação adequada.

Distribuição de Cães e Gatos
pela regiões do país


NO CORAÇÃO DA FAMÍLIA

Animais de estimação precisam ser tratados com cuidado e carinho para terem uma vida saudável ao lado de toda a família.

Companhia, amizade e alegria. Os animais de estimação podem oferecer tudo isso para uma família, principalmente quando tratados com proteção, o cuidado e o carinho que eles merecem.

Como já está comprovado em estudos científicos, além de desempenharem um papel importante na qualidade de vida de seus proprietários, os animais também podem atuar como apoio em situações tensas e de estresse, como no caso de separações e perdas de pessoas próximas.A importância dessa companhia tão gratificante, porém, torna-se mais evidente no relacionamento com as crianças. O toque, o carinho, as brincadeiras e as obrigações com seu bichinho desenvolvem características fundamentais da personalidade infantil, como afeto, confiança e responsabilidade.

Por tudo isso, os animais de estimação precisam muito mais que um pequeno espaço num canto da casa. Cuidados freqüentes (banhos, tosas, higiene do local onde ele dorme e vacinação) e visitas periódicas ao veterinário garantem a manutenção da saúde do animal. Outro cuidado fundamental é com a alimentação. Pêlos bonitos, ossos fortes, desenvolvimento muscular adequado e disposição só são possíveis com uma alimentação balanceada, que forneça todos os nutrientes para um crescimento normal e de qualidade dos animais.

Daí a importância da ANFAL-PET de mostrar, através de suas campanhas institucionais, o que os animais de estimação necessitam, em se tratando de alimentação, para ter uma vida saudável. Afinal, os produtos industrializados de qualidade, fabricados pelas empresas associadas à ANFAL, oferecem todos os ingredientes necessários (proteínas, gorduras, carboidratos, minerais e vitaminas) para a saúde dos cães e gatos.

UMA CADEIA DE PRODUÇÃO BEM AFINADA

A indústria de alimentação animal começa a pensar na qualidade do produto ainda na ponta da produção, quando são selecionadas as matérias - primas.

A qualidade da indústria de alimentação animal no preparo dos alimentos balanceados é tão exigente quanto à fabricação de alimentos para o consumo humano. Todo o processo é estudado para oferecer um produto que satisfaça plenamente um mercado sempre exigente. O ciclo começa na ponta do lápis: quando a matéria-prima chega à fábrica, técnicos examinam a qualidade dos cereais, carnes e peixes e já começam a separar os produtos de acordo com a análise de suas características nutricionais, bacteriológicas e de digestibilidade predominantes. Tudo tem de passar por um controle rigoroso, que vai determinar se as matérias-primas estão de acordo com as exigências para entrar na composição dos produtos.

Dentro da indústrias, as linhas de produção são totalmente automatizadas e asseguram a precisão na dosagem dos ingredientes, eliminado o risco de erro humano e evitando também o contato físico com os ingredientes. Além do controle sanitário oficial, as indústrias mantêm seu próprio sistema de análise em diferentes fases do processo de produção.



Fabricação dos produtos

Alimentos secos

Os ingredientes necessários à fabricação de um alimento balanceado são dosados logo no início da produção. Depois da pesagem é usada uma tecnologia específica: a cocção e extrusão, que consiste em somar à mistura das matérias-primas animais e vegetais o efeito conjugado de temperatura e pressão, durante alguns segundos. Esse procedimento na fabricação assegura o cozimento completo do amido e proporciona um alimento de fácil digestibilidade. Aos alimentos secos são adicionados, a seguir, gorduras e palatabilizantes para completar a composição e aumentar o sabor.

Leia também: PET FOOD CRESCE MAS NÃO ANIMA A INDÚSTRIA

Fonte: ANFAL PET – Associação Nacional dos Fabricantes de Alimentos para Animais de Estimação.
Avenida Paulista, 1313 - 10° andar - Cj 1030 - Cerqueira Cesar - São Paulo - SP
CEP 01311-200 - Fones: 11 3541-1760 ou 3287-0012 - Fax: 3171-2766
abinpet.org.br/