Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Fórum
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

PUG

Esse cãozinho exótico e charmoso é originário da China. Os Pugs exercem exclusivamente a função de cães de companhia desde os primórdios de sua existência. São encantadores cães de pequeno porte, de proporções compactas e sólidas, movimento garboso, muito divertidos e alegres. Têm a cauda enroscada e o focinho achatado com máscara preta.

São ótimos companheiros para crianças e pessoas de todas as idades, inclusive idosos, pois estão sempre de bom humor, simpáticos e muito bem dispostos a divertir os donos e outras pessoas, já que costumam ser festeiros também com desconhecidos. Além do que, são super charmosos, carinhosos e muito inteligentes!

Também são chamados de Mops ou Mopshond (na Holanda e Alemanha), Carlin (na França), Carlino na Itália e Doguillo na Espanha.

Breve história da raça

O Pug é de origem chinesa e teve como primeiros proprietários os imperadores da China, vivendo protegido dentro dos palácios imperiais. Nessa época (aproximadamente 700 a.C.) não existia o Pug como é visto hoje em dia e sim seus ancestrais de cara achatada chamados de Lo-Chiang-Sze ou só Lo-Sze, que parecem ser os ancestrais de outras raças de cara achatada, como o Pequinês. Na China antiga, uma das características mais importantes num Pug era a "Marca do Príncipe", formada por algumas rugas na testa, equivalentes à palavra "príncipe" na escrita chinesa.

Outra característica valorizada era a elasticidade da pele. A chegada do Pug ao Ocidente ainda é um mistério mas os estudiosos do assunto parecem concordar que ele deve ter chegado mais precisamente na Holanda, através da Companhia das Índias, por volta do século XVI. De lá foi levado para a Inglaterra e vários países europeus, onde logo conquistou a nobreza. Depois seguiu para os EUA e outros países, tornando-se cada vez mais popular, sendo uma das raças de companhia ( ou Toy, nos EUA ) com maior número de registros, devido às suas excelentes características.

No Brasil os 1º exemplares chegaram na década de 50, mas não houve um grande desenvolvimento da criação. Somente nos anos 80 é que o n.º de importações começou a ser mais significativo e a criação brasileira ganhou maior qualidade, sendo que no final dos anos 90, com o aparecimento de uma Pug na novela das 20hs da Globo, que atendia por Inès, a raça começou a conquistar um número bem maior de admiradores no Brasil, pois seu carisma encantou o público desde as crianças até os adultos. E apesar de ter ficado na moda de uma hora para a outra, a qualidade da criação brasileira está melhorando a cada ano, devido às excelentes importações feitas por criadores.

Características físicas

O Pug é um cão pequeno, quadrado, com muita substância em pouco espaço "Multum in Parvo" como diz o padrão da raça, tanto que também é chamado de miniatura de Mastiff- uma raça inglesa de porte gigante que pode ultrapassar os 100 kg- sendo que o Pug pesa em torno de 6,3 a 8,1 kg.

A cabeça é grande e arredondada, com focinho bem curto e quadrado, com rugas bem definidas. Os olhos são escuros, muito grandes, de formato globular, com expressão doce e alerta. As orelhas são finas, pequenas e macias como veludo. Podem ser de 2 tipos diferentes: orelha em rosa e orelha em botão, sendo esse último tipo o preferido.

A mordedura é ligeiramente prognata inferior, com mandíbula larga, sem ter os dentes ou a língua aparentes com a boca fechada, pois são defeitos muito graves. O pescoço é forte, grosso, levemente arqueado e com comprimento suficiente para manter o porte alto da cabeça.

Pernas dianteiras fortes, retas, de comprimento moderado e ombros bem inclinados. O tronco é curto e compacto, com peito largo e costelas bem arqueadas. Linha superior de nível, sem arqueamento ou sela. Os posteriores são muito fortes, de comprimento moderado, com boa angulação de joelhos, bem acoplados ao tronco, vendo-se por trás são retos e paralelos. As patas são ovais, nem de lebre nem de gato, com dedos separados e unhas pretas. A cauda é enroscada, inserção alta, enrolada sobre a garupa, quanto mais apertada melhor. Se tiver dupla volta, melhor ainda.

A movimentação do Pug é caracterizada por um leve "roll" (rebolado) dos posteriores. Seu pelo é fino, curto, liso e muito macio e brilhante. As cores permitidas são 4: abricot, castanho, prateada e a totalmente preta. Dessas, a mais vista e preferida é a abricot, já a prateada é a mais rara. Nas 3 primeiras cores, precisa haver uma faixa preta se estendendo do occiptal à raiz da cauda, a máscara no focinho, nas orelhas e nas bochechas e um diamante na testa, o mais escuro possível.

Tamanho: peso ideal entre 6,3 a 8,1 kg, não havendo altura estabelecida pelo padrão, o mais importante é que sejam mantidas a robustez e as proporções em pouco volume.

Em muitos países com excelente criação e tradição na raça, os melhores Pugs estão, geralmente, pesando um pouco mais do que o ideal estabelecido no padrão.

Nas exposições caninas da CBKC/FCI ele compete no 9º Grupo- Cães de Companhia.

Comportamento

O Pug é um companheiro muito carinhoso e alegre, que gosta de estar junto dos donos, sejam crianças ou adultos, pois é apaixonado pelas pessoas e muito comunicativo. É um pequeno cão com um grande coração! Ter um ou mais Pugs em casa é sinônimo de alegria, carinho, divertimento e companheirismo, como poucos cães podem oferecer! É uma raça com ótimo equilíbrio mental, sendo um excelente e confiável companheiro para crianças. Ele gosta de tirar várias sonecas durante o dia e ronca um pouco (ou muito!) durante elas, mas depois que você se acostuma, até sente falta quando ele não está por perto!

O Pug tem uma respiração ofegante por natureza, devido ao seu curtíssimo focinho e também funga, resmunga e suspira. É ciumento mas não é de brigar com outros cães e bichos da casa, apesar de ser muito valente. Tem uma voz grossa e rouca, e faz o estilo silencioso, não sendo de latir à toa. É para viver dentro de casa e não no jardim, e por ter um tamanho pequeno e não ter cheiro, pode viver perfeitamente bem em apartamentos. Comporta-se muito bem em passeios e viagens de carro e não é de enjoar. E apesar de ter focinho curto, o Pug não baba.


Cuidados Especiais

Devido ao focinho muito curto, o Pug não deve ser levado para passear nas horas mais quentes do dia e nem para longas caminhadas. Corridas então, nem pensar! Também nunca deixe um Pug preso no carro, pois pode ser fatal.

Limpe as dobrinhas sobre o nariz 1 vez por semana com um algodão e óleo infantil, para evitar mau cheiro.

Pugs soltam pelo, mesmo não sendo época de muda. Escove seu Pug pelo menos 3 x por semana, com uma escova macia.

Controle a quantidade e a qualidade da comida, pois eles tendem a ser muito comilões e podem ficar obesos, o que não é bom para a saúde. Os Pugs devem ser cães compactos, sólidos, musculosos e parrudos, e não banhudos!

Os olhos do Pug são grandes e não contam com um focinho longo à sua frente para protegê-los, então tenha cuidado com plantas pontudas ou espinhosas e objetos pontiagudos.

A mamãe Pug não costuma cortar o cordão e abrir a bolsa onde está o filhote, portanto esteja preparado para ajudá-la ou chame o veterinário.

Os filhotes de Pug abricots costumam nascer mais escuros e vão clareando com o tempo.

Atenção!!! Só tenha um Pug se você gostou da idéia de ter uma sombrinha muito especial te acompanhando o dia inteiro!

Alguns sites sobre a raça, todos em inglês:

www.pugs.com         www.pugdogscentral.com         www.pugpedigrees.com
www.pugcentral.com         www.thepugzone.com         www.pugs.org


Esta página é de responsabilidade de Fernanda Alencastre Pinheiro.
Proprietária do Canil Makalakalaika.
Nova Friburgo - RJ. Fones: (22)2526-2251 e 2526-2252
makalakalaikapugs@globo.com - www.canilmakalakalaika.hpg.com.br.