Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Fórum
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

Schnauzer Miniatura

Originário da Alemanha (a palavra Schnauzer significa focinho em alemão), o nosso pequeno Schnauzer Miniatura tem outros 2 "primos", o Schnauzer Médio (também conhecido como standard) e o Schnauzer Gigante. Não se sabe ao certo quais foram os cruzamentos que deram origem a raça, mas, o mais provável é que tenha sido a partir do Schnauzer médio, com influência de Poodle preto, e Affenpinscher, antigamente ele já foi considerado uma variedade de Pinscher de pêlo duro, mas depois perceberam que seu temperamento e características físicas não se compatibilizavam com as de um Pinscher. O Schnauzer Miniatura, ou também conhecido erroneamente como "Anão", foi reconhecido como uma raça separada em 1899, nos Estados Unidos e no Canadá, está classificado como pertencente ao grupo dos Terriers, embora tenha um temperamento muito mais voltado para cães do Grupo de Trabalho. O Schnauzer Mini, no Brasil, é a 7ª raça mais registrada.



PELAGEM

Pode-se dizer que há mais de um tipo de pelagem nos Schnauzers. A que tem origem na criação alemã, menos comum no Brasil, é rala, áspera ao toque e não muito longa nas saias, barba e sobrancelhas, o que a torna mais simples de tratar, pois embaraça pouco e quase dispensa escovações. Já a americana é mais abundante e comprida, além de ser mais fina e macia. Tende a dar mais nós, mas tem um atrativo visual maior.


"Misturando-as, consegue-se o meio termo entre as duas, com a maior quantidade de pêlos dos americanos e a textura mais grossa dos alemães". Une-se assim a maior beleza com o menor trabalho.

TEMPERAMENTO E CARACTERISTICAS DA RAÇA

O Schnauzer miniatura, é um cão alerta, ativo, inteligente, companheiro e de forte personalidade. Brincalhões e afetuosos, fazem questão de fazer parte da família, estando sempre por perto. Os Schnauzers são cães limpos, saudáveis e que não exigem muitos cuidados, a não ser uma visita regular ao salão de banho e tosa para manter o pêlo em ordem e com aparência elegante e sofisticada, típica da raça.

Outra vantagem é que não soltam pêlos como a grande maioria dos cães. E além disso não tem cheiro ,a não ser que o animal esteja com algum problema de pele ou pêlo. Também, dão ótimos cães de guarda (claro que eles não vão "derrubar" um ladrão, mas vão fazer um bocado de barulho para alertar seus donos). Fazem questão de fazer parte da família e de estar sempre por perto. Adoram passeios e jogos ao ar livre, mas detestam andar na chuva (existem algumas exceções, alguns cães adoram se divertir com água, indo a praia, tomando banho de piscina ou mesmo brincando com a água da sua vasilha ,isso é algo que se é notado desde filhote nos Schnauzers).


Uma característica bastante interessante sobre a raça é que um filhote muda muito pouco a sua personalidade em função do ambiente em que vive. Ao contrário de muitas raças, o Schnauzer Miniatura já pode ser avaliado com facilidade com apenas 8 semanas de vida. Se o cachorrinho for alegre, sociável, equilibrado e amoroso ele se manterá assim por toda a vida, se os donos observarem um mínimo de bom senso nas regras básicas de obediência e socialização do filhote. Ao contrário, se o filhote for nervoso, latir muito e for muito agitado, pouco poderá ser feito para mudar esta situação ao longo da vida do cachorrinho. No caso dos pequenos Schnauzers, mais do que nunca, é importantíssimo conhecer bem o temperamento dos pais do filhote, para evitar uma desilusão mais tarde. Um Schnauzer típico não deve latir incessantemente, nem atoa. Não deve ser briguento, mas também é comum deixar sinais claros de que não quer a aproximação de outros animais.

Se dão bem com crianças se ambos, crianças e cachorros, forem acostumadas a brincar com respeito e delicadeza, caso contrário, o Schnauzer não hesitará em mostrar os dentes para se livrar de uma criança abusiva. São naturalmente curiosos, corajosos e alertas. Embora estes pequenos cães demonstrem enorme personalidade, se ensinados desde pequeninos a responder prontamente aos comandos de seus donos, eles se tornam excelentes cães de companhia. Eles aprendem rápido, são inteligentes, encaram o treinamento como uma grande brincadeira e tornam-se obedientes.


Ágil, esperto, nunca enjeita um passeio porém permanecerá tranqüilo ao seu lado se você desejar ler o jornal ou ver televisão. Muito inteligente, assimilando rapidamente o que pode ou não fazer. Valente porém nunca agressivo. Pode ser criado em pequenos espaços. Outra característica é a fidelidade absoluta.




Esta página é de responsabilidade de Viviane Abreu.
Criadora de Schnauzer Miniatura
vivi_ssa@ig.com.br - www.oschnauzer.hpg.com.br